Metamorfose ambulante

É interessante olhar pra trás e perceber o quanto mudamos. Fiz uma autoanálise e fiquei feliz em constatar o quanto – ao longo dos anos – melhorei como pessoa. Abri minha mente pra novas ideias, e pensamentos formados e consolidados, mudaram. O que era certeza, hoje, é dúvida; o que era dúvida, hoje, é certeza. E amanhã pode não ser mais. O mundo está em movimento, e a gente também. Mudar faz parte do processo de amadurecimento. Aliás, às vezes a gente reclama que tá envelhecendo, mas a maturidade não tem preço. A não ser que eu pudesse ser a Líley do corpo de 20 com a mente da Líley de 30, eu não me trocaria por ela.

A vida é um aprendizado constante, e ao longo da nossa existência passamos por várias mutações. O espelho revela as mudanças externas, mas a mudança mais importante não está no reflexo no espelho, ela ocorre de dentro pra fora. Hoje já não somos mais os mesmos de ontem. E sabe o que é mais interessante? É que nunca ficaremos prontos, sempre haverá o que mudar. Somos projetos inacabados em constante evolução. Ou como um sistema operacional que sofre contínuas atualizações. Meu sistema atual, por exemplo, está defasado em relação a outros mais avançados. Não sou perfeita e nunca serei, mas posso dizer que hoje sou melhor do que fui ontem, e amanhã quero ser melhor do que sou hoje. Ainda tenho muito a aprender, como eu disse, não sou um projeto finalizado, tô mais pra esboço, uns ajustes aqui, outros acolá, e assim as alterações vão acontecendo e eu vou me tornando uma versão melhor de mim mesma. Não sou pokémon, mas meu objetivo é evoluir.

sem-titulo-3

Como diz a letra da música:  “…eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo…”

Anúncios

4 comentários sobre “Metamorfose ambulante

  1. Lari Reis disse:

    Que post lindo, Liley! Eu estava precisando…
    Quando eu era mais nova, por alguma razão, entendi que a gente tinha que ter opinião formada, saber do que gosta, com o que não concorda. Eu tinha uma dificuldade imensa de responder esses questionários sobre “o que você prefere” e coisas afins. Achava estranho e esperava que, quando crescesse, fosse ser melhor nisso de definir meus pensamentos, gostos e etc. Hoje, fico feliz de ver que nunca precisei disso. Digo no sentido de estar presa à escolhas e opiniões e forma de ser. O direito de ser um projeto inacabado e em constante evolução é um dos melhores que eu tenho e vou defendê-lo sempre!
    Eu só preciso aprender isso de associar melhor corpo e mente: focar na maturidade e não no “envelhecimento”, entende?! Enfim, vou passar um tempinho refletindo sobre ainda. Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

    • Líley Carla disse:

      Eu também pensava dessa forma, Lari. Por isso digo que amadurecer é a vantagem de envelhecer. Com os anos aprendi que hoje posso ser uma coisa e amanhã posso não ser mais, e tá tudo bem. Isso também vale pra gostos e opiniões. A gente precisa se reciclar, se reinventar. Sobre focar na maturidade e não no envelhecimento, acho que é um processo de aceitação. Aceitar que envelhecer faz parte da vida, e é um privilégio que muitos não tiveram.

      Eu que agradeço por ser presente aqui e se dispor a ler o que escrevo e dar sua opinião que, diga-se de passagem, são sempre enriquecedoras.

      Um beijo!

      Curtido por 1 pessoa

  2. maritrindade disse:

    Tudo verdade Liley!
    Eu também mudei muito com o tempo, acho que isso faz parte do processo de amadurecimento, de vermos como evoluimos, como certas coisas que eram importantes para nós hoje não significam nada, e que outras apareceram pra tomar seu lugar…
    O tempo é algo lindo mesmo!
    Adorei o texto!
    xero

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s