A vista da janela

No apartamento 204 – onde morava dois meses atrás – todo fim de tarde a varanda era banhada de luz dourada que invadia a sala. Eu amava essa hora do dia, era o meu momento de paz. Era o único instante que o barulho da minha mente era silenciado pelo precioso momento de contemplação do pôr do sol. Amo assistir ao pôr do sol, me dá uma sensação de gratidão, de calma interior. No entardecer, a casa onde moro atualmente, também é invadida por essa luz dourada que aquece meu coração, mas sinto falta da vista. A casa é cercada por muros e quando olho pela janela só vejo concreto, exceto pela enorme janela na sala que me permite ver um pedacinho do céu. É pra lá que eu vou sempre que vejo um rastro de luz dourada.

13876501_10209436672735998_8933851372080744167_n

Anúncios

11 comentários sobre “A vista da janela

  1. femariaotoni disse:

    Liléy,
    Sabe que sinto o mesmo?
    Eu e minha familia moramos mais de 30 anos em um apartamento no 18 andar mas, tinha só um banheiro e com 4 morando junto tivemos que arranjar uma casa e o que mais sentimos falta é da paisagem sim e agora que meus pais cobriram a garagem né, nem sol mais bate lá na frente….meu consolo é que basta dar uma saída que logo vejo uma vista de cair o queixo…esmo em meio a fiação, casas meio feias né e o vento batendo, parece que ele fala com a gente, é ótimooo
    Devemos então procurar uma outra forma de nos aquietar né..

    Curtido por 1 pessoa

  2. maritrindade disse:

    Que lindo! 🙂
    Sou fã do amanhecer e do entardecer, principalmente do amanhecer… Me dá uma sensação de que tenho o dia todo pela frente, e que coisas maravilhosas podem acontecer…
    E essa luz dourada do sol, ah, é acolhedora, inspiradora!
    Perfeito!!!
    Xero

    Curtido por 1 pessoa

  3. Beatriz Aguiar disse:

    Arrepiou! Que coisa linda. ♥
    Super aqueceu meu coraçãozinho nesse dia frio e cinzento aqui no sul.
    Também amo pôr-do-sol, é uma sensação divina se despedir do dia.

    Beijo, Lí. Cada vez mais humana, mais gente como a gente nas palavras.
    Continue escrevendo. Sempre! Nunca mais abandone teu cantinho!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Erika Ruggio disse:

    Que delícia a sensação que deu ao ler isso. Mas também senti uma ponta de nostalgia, meio que antecipada, acho que por causa da coincidência do número do apartamento (também moro no 204) que estou me despedindo. Esse é meu último mês aqui e já tô pensando nas coisas que sentirei falta. O pôr do sol será uma dessas coisas, com certeza! O que conforta é que temos a capacidade de nos adaptar, do jeito que dá, não é mesmo? Acho que esse trechinho mostra exatamente isso: “…quando olho pela janela só vejo concreto, exceto pela enorme janela na sala que me permite ver um pedacinho do céu. É para lá que vou sempre que vejo um rastro de luz dourada.”
    Um beijo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s